26 de mar de 2011

Com todo amor...

Tenho andado distraída. A minha viagem semana que vem implica em muitas mudanças. O país é novo, a cultura totalmente diferente. O que eu abandonar aqui dificilmente terei por lá. Mesmo assim, estou decidida a partir. Hoje briguei com minha mãe sobre isso. Ela acha que devido as altas taxas de suicídio na China, isso me afetará. Eu não comentei, eu irei para a China. E não, não vou me suicidar. HAHA. Eu ainda tenho a vida toda pela frente. Porém vou dormir pensando nesse problema. E isso vai se acumulando até o dia da viagem. Eu já estava a um mês por lá quando um fato me chamou a atenção. Eu com 32 anos era uma das únicas do meu curso que não era milionária. Me bateu um desespero, essa vida competitiva, cheia de problemas, essa agitação toda. Não era o que queria pra mim. Mesmo sendo inverno dirigi até a cidade litorânea mais próxima e com o carro em cima da ponte decidi me jogar.

0 comentários:

Postar um comentário

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 Unported License.